quarta-feira, 29 de julho de 2009

Da covardia

Menino, menino!
Não corra na rua
Não brinque com a sorte
Se esconda da morte

Menino, menino!
Vem chuva no céu
Vem cobra no mato
Pra casa, menino!

Há sombras na noite ansiando por vida
Há passos não dados que esperam a volta
Há casos em que o melhor é os olhos fechar

A briga por mais se espalha na veia
A vida, de bons vigaristas está cheia
Se pergunte, pois, sempre, se o melhor é lutar


Laís Leite

6 comentários:

contandogotas disse...

poxa gostei.
diferente.
legal como a covardia nasce da prudência de medrosos condenados.

crap disse...

acho que você faz melhor.

mas essa estrofe salvou
"Há sombras na noite ansiando por vida
Há passos não dados que esperam a volta
Há casos em que o melhor é os olhos fechar"

muito bom.

Carolina Cabral disse...

bem diferente do que já li seu
gostei sim
:D
:*

Georgina disse...

txaa!

Adorei!
"Se o melhor é lutar" \o

Ana Clara disse...

ooooie, to te seguindo aqui no blogger...twitter fofoqueiro!uhasuhahush

adorei seu textinho, temos que ter cuidados nessa vida, realmente, o mundo não é mais o mesmo! ;p

:**

Lívia Vasconcelos disse...

eu quero acreditar que sim, né? Lutar e sempre.


adoro versos, e vc faz isso tão bem